that's real?!

Há dias em que me pergunto, se estarei realmente acordada ou será apenas um pesadelo?!
Quando me apercebo que, sim, estou verdadeiramente acordada não quero por e simplesmente estar, desejo sempre em acordar, nem que para isso fosse necessário cair da cama.
De momento está tudo em meio-termo, não o que se passa, não sei o que sinto, fazer e dizer.
Aparece-me um sim acorrentado por um não, mas o resultado final é quase sempre o talvez. Ás vezes ajuda, em certas alturas, em dados momentos, mas nem sempre é útil.
Sem procurar respostas encontrei a mais verdadeira: "ninguém disse que ser feliz é fácil, verdade?". De facto ainda ninguém o provou, ninguém o disse. Agora sim, talvez está é a melhor resposta que já encontrei até hoje.

2 comentários: